Inteligência Artificial desenvolvida pelo Facebook vence jogadores profissionais de pôquer

Inteligência Artificial desenvolvida pelo Facebook vence jogadores profissionais de pôquer

De tempos em tempos, um computador bate um grande campeão humano em algum jogo e o mundo fica assombrado. Já foi assim no xadrez e no Go, por exemplo, além de umas partidas inacreditáveis em que fui derrotado pelo Super Nintendo no International Superstar Soccer – embora essas últimas não tenham alcançado destaque na mídia.
Nesta semana, porém, a <science.sciencemag.org/content/early/2019/07/10/science.aay2400> Pluribus, uma Inteligência Artificial desenvolvida pelo Facebook e pela Carnegie Mellon University, bateu 12 jogadores profissionais de pôquer. E foi na modalidade mais popular do jogo: o no-limit Texas Hold’em. Se você não se impressionou, pense no seguinte: para vencer nesse jogo, é preciso aprender a blefar.

Pois é. Lembre-se, também, que no xadrez e no Go as peças ficam expostas para que o computador avalie suas jogadas, além do adversário ser único. Já no pôquer, são múltiplos adversários que escondem suas cartas. Tudo isso torna muito mais difícil a avaliação da máquina para tomar decisões. Ou não, pelo jeito.
Os jogadores profissionais foram mesmo surpreendidos pela capacidade de blefar da Pluribus. De acordo com os pesquisadores que a criaram, nós temos a tendência de crer que o blefe é algo inerentemente humano. A Inteligência Artificial., por sua vez, encara-o como uma forma matematicamente otimizada de vencer cada mão. E vence.
Os pesquisadores ainda dizem que suas descobertas podem ser úteis em várias situações, já que o pôquer emula, por exemplo, negociações com grupos de pessoas e informação escondida. Eles apontam a navegabilidade de carros sem motorista como um campo que pode se beneficiar dos aprendizados da Pluribus!

Internet

Posted in Perito em Informática and tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *