Google amplia luta contra notícias falsas para o mundo todo

Antes disponível apenas nos EUA e Reino Unido, selo especial “Verificação de Fatos” agora aparecerá em buscas de notícias pelo mundo no Google News.

O Google está pronto para liberar seu selo de verificação de fatos em edições do Google News pelo mundo após introduzir o recurso em outubro do ano passado nos EUA e Reino Unido. O aviso em questão aparecerá em todos os idiomas suportados pela gigante de buscas.

Quando você estiver buscando por um assunto que tiver sido respondido por uma fonte usando o rótulo de verificação de fatos, a página de resultados do Google incluirá um fragmento com três componentes: informações sobre a alegação sendo feito, quem fez a alegação, e se a alegação é verdadeira, falsa, ou algo entre as duas coisas. Também pode aparecer em um agrupamento no Google News com o termo “Verificação de Fatos” (“Fact Check”) antes da manchete.

A companhia de Mountain View alerta que o selo de verificação de fatos não aparecerá para toda teoria da conspiração maluca ou notícia estranha. Uma busca por “A terra é plana”, por exemplo, não trouxe nenhum rótulo de verificação de fatos.

Para um site poder receber o rótulo de verificação de fatos, ele precisa incluir a remarcação ClaimReview, da Schema.org, no seu HTML.

A história por trás da história

O problema, no entanto, é que o defensor de uma teoria da conspiração absurda pode eventualmente conseguir o rótulo de verificação de fatos do Google, pelo menos por algum tempo.

No entanto, o Google está disposto a usar seu poder como a ferramenta de buscas mais popular do mundo contra possíveis fraudes. A página de suporte do Google diz que, caso um site não atenda aos padrões da empresa de verificação de fatos, a ferramenta de buscas pode ignorar a remarcação do Publisher ou remover o site do Google News.

 

Internet

 

Posted in Sem categoria and tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *